sexta-feira, 29 de março de 2013

BDSM X AMOR


Muitos perguntam sobre o amor no BDSM e sobre a submissão.
Existe submissão sem amor ?
Sim, existe, afinal existe BDSM sem amor.
No BDSM as práticas buscam sempre a consensualidade, e cada um tem a sua própria personalidade, as suas próprias vontades e sua forma de viver o BDSM. O que precisa existir mais, é o respeito às diferenças.
Para mim, submissão só existe com amor, por que eu particularmente, não conseguiria me ajoelhar perante um Homem, um Dominador, sem amá-lo, ou nutrir por ele algum sentimento.
Mas isso, obviamente, não é uma regra, as pessoas são diferentes.
Existem adeptos do BDSM que curtem cenas, sessões onde se encontram com parceiros conhecidos ou desconhecidos, que tem a mesma afinidade que eles, e se divertem e buscam a satisfação sexual, sempre com consensualidade, segurança e consciência.
Entretanto, existem aqueles, que não conseguem separar o Homem do Dominador ou a mulher da submissa, pois possuem o BDSM impregnado na alma, no coração,  no corpo.
Eu faço parte desse grupo.
Preciso amar, preciso me entregar por completo, para que eu possa me submeter.
Minha personalidade é extremamente forte e, sou muito impetuosa.
Mas, a submissa também possui essa personalidade forte e na verdade, quase sempre é justamente essa personalidade que faz o Dominador sentir mais tesão em exteriorizar toda a sua gama de conhecimento e de poder. Qual a graça em Dominador alguém que é facilmente dominado? Facilmente ludibriado, controlado?
A Dominação tem lugar quando o Dominador consegue transformar aquela mulher impetuosa, em uma menina capaz de fazer qualquer coisa que ele pedir sem nem mesmo pensar, ou pensando, decidir por obedecer.
A submissa obedece pelo simples prazer em ver seu DOMINADOR feliz....porque essa felicidade se torna recíproca quando existe união e cumplicidade.
Isso pra mim é a submissão plena.
ELE tomou as rédeas de minha vida, guiando meus pensamentos, que diariamente são voltados a ele.
O Dono de meu coração, é também o Dono do meu corpo e alma, e somente ele, tem o poder de controle sobre mim de forma plena e completa.
Isso é Amor x BDSM, quando você não consegue mais visualizar onde termina a mulher e começa a submissa, porque suas ações já são completamente naturais, espontâneas , que quando você percebe, submeteu-se sem medo, sem qualquer tipo de receio.
Meu coração, minha alma e meu corpo tem Dono, minha vida, meus pensamentos, minhas vontades, meu querer, meus desejos, são dele.
 Submissão é amor, independente de como você a vive, ou de como você enxerga o BDSM.
A verdadeira submissa, aquela que tem a submissão em sua alma, ama submeter, ama seu Dono, ama se entregar e precisa não se pertencer para alcançar a felicidade.
Érica 




3 comentários:

  1. Eu tambem me entrego ao meu Dono sem reservas, pois tudo pelo prazer do meu Domo amado,

    ResponderExcluir
  2. Olá Erika. Mandei algo para seu e-mail, quando puder me responda, por favor? Estou conhecendo o mundo BDSM e sinto que ser uma submissa é o meu maior desejo, mas preciso de uma orientação.

    ResponderExcluir
  3. Belo Senhor e Mestre Dom Lu, moro em Brasília 44 anos 1,78 branco em forma exigente e especialista em BDSM com tecnicas apuradas em DS e ANAL PROFUNDO com Humilhação e servidão total das escravas submissas. Busco escravas submissas que desejem servir e serem cadelas putas do SENHOR DOM LU. acessem escravas subs de Brasília e de outros estados que possam vir até o seu DOM e MESTRE. (61)996381012

    ResponderExcluir